sábado, 12 de outubro de 2013









 O Pitbull que perambulava pela ruas, foi recolhido ao Centro de Controle de Animais, e iria ser sacrificado conforme leis de Minneapolis/EUA.Christi Smith retirou o animal do corredor da morte, trazendo-o para sua casa, dando-lhe lar temporário, até que encontrasse alguém que quisesse adotá-lo.

Uma semana depois, o Pit Bull salvou a vida de seu filho de 4 anos, latindo durante a noite, quando o menino parou de respirar devido a crise de hipoglicemia.

"Eu coloquei meu filho para a cama por volta de 8:30 da noite", disse Smith. "Ele acordou próximo meia-noite e me pediu algo para beber. Ele estava agindo de forma estranha mas nada que me causasse preocupação. "

Mas TatorTot  o cachorro pressentiu que algo estranho estava acontecendo. O pit bull começou a latir e correr para trás e para frente entre o quarto da mãe e o quarto do menino. Cristin a princípio pensou que o cachorro talvez não tivesse gastado toda a sua energia durante o dia, quando ele havia sido levado ao parque para brincar e correr, mas o pit bull não iria desistir.


"Finalmente fui ver o meu filho", disse Smith. "Ele estava quase sem respirar, TatorTot estava em sua cama, latindo e arranhando-o, lambendo seu rosto. Qualquer criança normal teria acordado. Ele não estava acordando. "

O menino foi levado com urgência para o hospital, onde descobriu-se que seu açúcar no sangue estava perigosamente baixo. Apesar do resultado negativo para diabetes, os médicos ainda não têm certeza o que causou a hipoglicemia, mas uma coisa é certa; “O menino de 4 anos teria morrido, se a mãe dele não tivesse retirado o pit bull do corredor da morte e lhe dado lar temporário, no qual ele se encontrava para salvar o filho de sua salvadora”.

Fonte: Aqui


O ciclo da vida que, ao que tudo indica, tem um dedinho de alguém lá de cima.

0 comentários:

Categorias

Artigos mais visualizados

Seguir por Email

Facebook

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Contato

encontreipravc@gmail.com

Visualizações